Projeto Descobrindo Talentos em Matemática em Ouricuri tem sua 2¤ edição de parceria

Na manhã desta quinta-feira (21 de Março) aconteceu o processo seletivo do Projeto Descobrindo Talentos em Matemática em Ouricuri. Parceria esta, que comemora a sua segunda edição no município entre o NUPEMAT ( Núcleo de Pesquisa e Ensino em Matemática da Universidade Federal do Vale do São Francisco com apoio da Pró-Reitoria de Extensão.O objetivo deste projeto é selecionar alunos que obtiveram melhores resultados na prova de matemática para que participem de encontros/aulas de preparação para a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP -2019.Todo esforço foi depositado para que esta parceria continuasse no município, a fim de enaltecer as habilidades matemáticas dos alunos matriculados na rede Municipal de Ensino, em se tratando do fundamental II ( 6º ao 9º anos), totalizando quase 300 inscritos nesse processo de seleção.Brevemente o resultado sairá no site http://nupemat. univasf.edu.br, e as aulas iniciarão no mês de abril.

“João Campos está usando uma caneta de ouro”, ironiza líder da oposição no Recife

O líder da oposição na Câmara Municipal do Recife, vereador Renato Antunes (PSC), em entrevista a este blog, fez duras críticas ao que classificou como superpoder do deputado federal João Campos (PSB) junto à Prefeitura do Recife. 

Para Antunes, nos lugares onde o deputado têm andado na capital, os problemas começam a ser resolvidos. 

“Não estou aqui para discutir se João Campos é o não é o candidato do PSB à sucessão de Geraldo Julio. O fato que chama atenção é que ele tem usado uma caneta de ouro para resolver problemas pela cidade. Onde João passa a mão à gestão manda executar. O detalhe é que o Recife de verdade não é esse da propaganda. Estou lançando um desafio ao deputado João Campos pra que ele ande conosco em várias escolas da cidade por exemplo. Já que ele tem o poder de resolver que nos acompanhe em alguns pontos críticos da nossa capital e nos ajude a solucionar problemas antigos”. 

O vereador Renato Antunes (PSC) é um dos entrevistados de hoje do programa Frente a Frente. Você ouve, a partir das 18h, pela Rádio Folha 96,7 FM e por mais de 30 emissoras em todo interior do estado.

Temer fica em silêncio durante interrogatório na Polícia Federal

O ex-presidente Michel Temer chega na Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O ex-presidente Michel Temer permaneceu em silêncio durante interrogatório, hoje (22), na Superintendência Regional da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro, onde está preso desde ontem (21). A informação foi divulgada nesta sexta-feira pela procuradora da República Fabiana Schneider, integrante da força-tarefa da Lava Jato no Rio.

Segundo Fabiana, dos oito presos na operação, apenas o ex-ministro Moreira Franco aceitou falar, negando ter recebido ou oferecido propina. De acordo com a procuradora, Temer apenas informou, por meio de seus advogados, que não iria falar.

Questionada se os fundamentos dos mandados de prisão eram suficientemente sólidos para justificar a prisão de Temer, Moreira e os demais presos, Fabiana disse que sim, por se tratar de membros de uma organização criminosa estável, que vinha ocultando patrimônio e atuando há cerca de 40 anos.

“A força-tarefa do Rio de Janeiro tem sido bastante comedida nos seus pedidos de prisão. Se não houvesse motivos suficientes para prisão preventiva, com toda certeza, nós não faríamos esses pedidos. Nós estamos absolutamente convencidos da necessidade da manutenção da prisão. A gente está falando de uma organização criminosa que assalta o erário há quase 40 anos, em valores muito superiores aos quais estamos acostumados, de R$ 1,8 bilhão, pelo menos”, disse Fabiana.

Segundo a procuradora, uma eventual soltura dos presos, por força de habeas corpusimpetrados no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) poderia atrapalhar as investigações. O TRF2 informou que os pedidos de habeas corpus serão julgados pela 1ª Turma, na próxima quarta-feira (27). “Não é a expectativa que nós temos. Gostaríamos que o nosso pedido continuasse vigente, mas aí é o entendimento de cada magistrado. Pode atrapalhar, tanto que a força-tarefa pediu a prisão”, afirmou Fabiana.

Da Agência Brasil

Prefeito Ricardo Ramos visita povoado Cara Branca e anuncia construção de nova praça

Durante visita ao povoado Cara Branca, zona rural de Ouricuri, quinta-feira (21), o prefeito Ricardo Ramos (PSDB) anunciou a construção de uma nova e moderna praça de lazer na comunidade. O novo espaço oferecerá lazer e entretenimento, além de servir para a realização de grandes eventos.O Prefeito falou sobre os detalhes do projeto: “As melhorias que estão sendo aplicadas, são para que possamos estabelecer nessa região, um espaço de lazer para a comunidade. Nosso objetivo é levar melhorias para todas as praças do município, e estamos nos esforçando para que isso aconteça,” pontuou.

Fonte: Blog do Charles Araújo

Cinco ex-governadores do Rio foram presos no últimos três anos

Com a prisão do ex-ministro Moreira Franco, de 74 anos, em um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, são cinco os ex-governadores do estado detidos nos últimos três anos. A lista inclui os ex-governadores Sergio Cabral, Luiz Fernando Pezão, Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho.

O ex-ministro foi preso nesta quinta-feira (21) sob a acusação de negociar o pagamento de propina, no valor de R$ 1 milhão, à Engevix em obras relativas à usina nuclear Angra 3. Moreira Franco foi governador do Rio de Janeiro no período de 1987 a 1991.

Preso no Batalhão Especial Prisional, em Niterói, no Rio, Pezão é acusado de manter o esquema de corrupção iniciado por Cabral, detido em 2016.

Na quarta-feira (20), Cabral foi denunciado pela 29ª vez pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Reunindo todas as penas, ele deve cumprir cerca de 200 anos de prisão.

Os ex-governadores Anthony e Rosinha são acusados por crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais. O casal recorreu e responde ao processo em liberdade. (Via: Agência Brasil)

Araripina: Homem cai em golpe e tem prejuízo de 4 mil reais; ouça entrevista

A vítima, um homem de 32 anos, disse ao repórter policial Fredson Paiva da Arari FM, que foi ‘acuado’ pelos golpistas na escadaria da Caixa Econômica Federal

Por Roberto Gonçalves / Foto: Blog do Roberto

Rony Ferreira da Silva, de 32 anos, morador da cidade de Trindade, no Sertão do Araripe, caiu no ‘golpe do sapato’, ou saidinha do banco e perdeu R$ 4.000,00 que havia sacado do fundo de garantia na agência da Caixa Econômica Federal, de Araripina, também no Sertão.

Os golpistas deixaram cair um papel no chão ainda na escadaria do Banco, e disseram a vítima que iriam recompensa-lo com um par de sapatos que seria comprado em uma loja de calçados da cidade.

Rony Ferreira disse ao repórter policial Fredson Paiva da Arari FM, que somente teve a certeza que tinha caído num golpe, quando retornou ao local onde encontrou o papel no chão e não encontrou mais a mulher que se ofereceu para ficar com a sua carteira.

A Polícia Militar foi acionada, mas ainda não localizou o casal de golpistas. Ouça a entrevista da vítima com o apresentador do programa Rota 903 da Arari FM, Fredson Paiva.

Lama da barragem de Brumadinho contamina Rio São Francisco

O Rio São Francisco já está contaminado com rejeitos da barragem Córrego do Feijão, da empresa Vale, que se rompeu em 25 de janeiro em Brumadinho, na Grande BH. A informação foi divulgada pela Fundação SOS Mata Atlântica, que publicou nesta sexta-feira, Dia Mundial da Água, o relatório O Retrato da Qualidade da Água nas Bacias da Mata Atlântica

Dos 12 pontos analisados no São Francisco, nove estavam com condição ruim e três, regular, o que torna o trecho a partir do Reservatório de Retiro Baixo – entre os municípios de Felixlândia e Pompéu – até o Reservatório de Três Marias, no Alto São Francisco, com água imprópria para usos da população.

Nesses pontos de coleta, a turbidez – transparência da água – estava acima dos limites legais definidos pela Resolução 357 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), para qualidade da água doce superficial. Em alguns locais, esse indicador chegou a alcançar duas a seis vezes mais que o permitido pela resolução.

Segundo a entidade, as concentrações de ferro, manganês, cromo e cobre também estavam acima dos limites máximos permitidos pela legislação, o que evidencia o impacto da pluma de rejeitos de minério sobre o Alto São Francisco.

Trecho do Rio Paraopeba onde a água encontra a lama da barragem que se rompeu(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press – 28/02/2019)

“Os dados comprovam que o Reservatório de Retiro Baixo está segurando o maior volume dos rejeitos de minério que vem sendo carreados pelo Paraopeba. Apesar das medidas tomadas no sentido de evitar que os rejeitos atinjam o rio São Francisco, os contaminantes mais finos estão ultrapassando o reservatório e descendo o rio e já são percebidos nas análises em padrões elevados”, divulgou a SOS Mata Atlântica.

O relatório também mostra que em apenas 6,5% dos rios da bacia da Mata Atlântica, a qualidade da água é considerada boa e própria para o consumo. Dos 278 pontos de coleta de água monitorados em um total de 220 rios, 74,5% apresentam qualidade regular, 17,6% são ruins e, em 1,4%, a situação é péssima. Nenhuma amostra foi considerada ótima. Os rios estão perdendo lentamente a capacidade de abrigar vida, de abastecer a população e de promover saúde e lazer para a sociedade.

A qualidade de água péssima e ruim, obtida em 19% dos pontos monitorados, mostra que 53 rios estão indisponíveis – com água imprópria para usos – por conta da poluição e da precária condição ambiental das suas bacias hidrográficas, segundo a fundação.

O relatório traz o balanço das análises feitas nos 220 rios, de 103 municípios dos 17 estados abrangidos pela Mata Atlântica. Nos 278 pontos monitorados, foram feitas 2.066 análises de indicadores internacionais que integram o Índice de Qualidade da Água (IQA), composto por 16 parâmetros físicos, químicos e biológicos na metodologia desenvolvida pela SOS Mata Atlântica.

Comparativo

A SOS Mata Atlântica considera que houve poucos avanços na gestão da água dos rios da bacia. Com o relatório deste ano, foi possível mensurar, pela primeira vez, a evolução dos indicadores de qualidade da água em todos os 17 estados abrangidos pela Mata Atlântica, comparando com o ciclo de monitoramento anterior, no ano passado, quando foram coletadas amostras em 236 pontos.

Considerando apenas os mesmos 236 pontos de coleta, os índices considerados regular (78% em 2018 e 75,4% em 2019) e ruim (17,4% em 2018 e 16,9% em 201) não apresentaram diferenças significativas. Já os pontos péssimos passaram de zero para três e os considerados bons de 11 para 15.

“[As contaminações] refletem a falta de saneamento ambiental, a ineficiência ou falência do modelo adotado, o desrespeito aos direitos humanos e o subdesenvolvimento”, disse Cesar Pegoraro, biólogo e educador ambiental da Fundação SOS Mata Atlântica.

Para melhorar o índice de qualidade das águas da Mata Atlântica, a entidade avalia ser fundamental que a Política Nacional de Recursos Hídricos seja implementada em todo território nacional, de forma descentralizada e participativa, por meio dos comitês de bacias hidrográficas.

A fundação ressalta que os rios que se mantiveram na condição boa ao longo de anos, comprovam a relação direta com a existência da floresta, de matas nativas e as áreas protegidas no seu entorno. “O inverso também está demonstrado por meio da perda de qualidade da água, nos indicadores ruim e péssimo obtidos quando se desprotege nascentes, margens de rios e áreas de manancial, com o uso inadequado do solo e o desmatamento”, avalia a SOS Mata Atlântica.

Indicador ANA

A Agência Nacional de Águas (ANA) afirma que os rios brasileiros têm Índice de Qualidade das Águas (IQA) – indicador que analisa nove parâmetros físicos, químicos e biológicos – considerado bom na maioria dos pontos monitorados, mas que o índice cai perto das regiões metropolitanas, sendo que várias delas coincidem com o bioma Mata Atlântica, e em alguns reservatórios do Semiárido.

“Vários fatores podem contribuir para a melhoria da qualidade da água. Ações de controle da poluição hídrica influenciam para a melhora do IQA, especialmente por meio do tratamento de esgotos, controle da poluição industrial e das práticas agrícolas. Variáveis climáticas, tais como mudanças prolongadas no regime de chuvas e no escoamento superficial, também têm o potencial de influenciar o indicador”, informou, em nota, a ANA.

O Atlas Esgotos, lançado pela ANA em 2017, mostrou que os esgotos domésticos não tratados são uma grande fonte de poluição pontual no país, que influencia negativamente os níveis de oxigênio das águas. (Via: Agência Brasil)

Advogada é ferida a bala durante assalto em Serra Talhada; bandidos fogem sem deixar pistas

A advogada Marly Regalado, de 55 anos, foi ferida a bala por volta das 20h20 dessa quinta-feira (21) no bairro São Cristóvão, em Serra Talhada. Ela se encontrava jantando na calçada de um restaurante, nas proximidades do Terminal Rodoviário, quando dois homens chegaram em uma motocicleta, e de capacetes, anunciaram o assalto.
Os bandidos levaram a bolsa da advogada e na fuga, efetuaram dois disparos de arma de fogo. Um deles atingiu Marly Regalado, que foi socorrida ao Hospital Regional Agamenon Magalhães (Hospam) e passa bem.
O caso foi registrado como roubo com lesão corporal. (Via: Farol de Notícias)

Enquanto isso… Prisão de Temer deixa Lula ainda mais fragilizado

Ontem o Brasil se deparou com mais um escândalo envolvendo a nossa república com a prisão do ex-presidente Michel Temer por comandar uma organização criminosa que desviou quase R$ 2 bilhões de recursos públicos durante quase quarenta anos.

Durou apenas dois meses e 21 dias a liberdade de Michel Temer sem o foro privilegiado. O simbolismo da prisão de Temer, o segundo ex-presidente da República preso por corrupção, tem duas vertentes, a primeira é a de que a Lava-Jato continua firme e forte investigando e punindo agentes políticos que cometeram atos ilícitos, refutando a tese de que a operação estava perdendo força.

A segunda vertente tem como pano de fundo o ex-presidente Lula, que desde sua prisão em abril de 2018 aproveitou para dizer que era um preso político e que a Lava-Jato era uma operação política. A cantilena de que Lula era perseguido foi encampada por ele e pelos seus defensores como uma verdade absoluta.

Com a prisão de Temer, Lula perde o argumento de que estava sendo perseguido, uma vez que não só Lula como Eduardo Cunha (MDB), Beto Richa (PSDB), Sergio Cabral (MDB) e alguns outros já estavam presos independente de partido, mas outro ex-presidente preso fica óbvio que a justiça está funcionando para todos independente de partido, de cargo político ou de popularidade. 

A Lava-Jato está mostrando para a classe política, acostumada com o toma lá dá cá de muitos anos, que o crime não compensa, e que consequentemente Lula, Temer e outros presidiários não deverão sair nem tão cedo da cadeia. (Via: Coluna desta sexta do Blog Edmar Lyra)

Em Pernambuco, decreto estadual suspende posse ou porte de armas para agressores de mulheres

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (21), um decreto 47.218/2019 que trata de medida protetiva de urgência para suspensão da posse ou restrição do porte de arma de homens que agredirem mulheres no contexto da Lei Maria da Penha. Com isso autoridades policiais pernambucanas ficam obrigadas a checar se os agressores têm as licenças e as armas de fogo e devem representar contra eles em prol da segurança das mulheres. A novidade foi apresentada durante a cerimônia de entrega da 12ª Edição do Anuário da Secretária da Mulher, no Centro de Convenções de Pernambuco, e que elencou feitos passados da pasta e as prioridades de ações para 2019. 

Outro destaque do planejamento deste ano foi o lançamento do primeiro protocolo nacional de perícia oficial de natureza criminal que ajudará peritos e médicos legistas a diferenciar os casos de feminicídio.

“Por força do decreto que assino hoje (quinta-feira) estamos criando mais um instrumento de alto potencial preventivo no sentido de proteger as mulheres em estado de vulnerabilidade. A partir de agora o Estado de Pernambuco constitui dever da autoridade policial adotar medidas efetivas que possibilite até mesmo a suspensão da posse de arma de fogo registrada em nome de agressor denunciado, como forma de evitar um mal maior as vítimas consideradas em situação de risco”, disse Paulo Câmara em discurso. O texto completo do decreto ainda será publicado no Diário Oficial do Estado. O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, explicou que de forma operacional toda autoridade policial se deparando com uma ocorrência de agressão contra a mulher deve verificar no banco de dados se o agressor tem, efetivamente, a posse ou porte de arma. “Através dessa pesquisa ele (autoridade policial) se obriga a fazer uma representação ao juiz para que suspenda preventivamente aquela posse ou porte e para que o agressor entregue a arma ou ainda seja expedido um mandado de busca para que se pegue essa arma”, explicou.

Outro instrumento das forças policiais é o protocolo pioneiro de perícia oficial de natureza criminal que busca padronizar procedimentos para ampliar o olhar em busca de vestígios de feminicídio consumado ou tentado. “Nas ações de combate a violência contra a mulher, Pernambuco tem um protagonismo interessante no Brasil. Nós temos legislações específicas publicadas pelo Governo do Estado e temos a Secretaria da Mulher desenvolvendo ações importantíssimas. Dentro de diversas discussões sobre feminicídio, a Polícia Científica entendeu que havia a necessidade de fazer um protocolo específico desta natureza criminal, porque o trabalho do perito e do médico legista é determinante para que se estabeleça a caracterização do feminicídio”, disse a gerente geral de Polícia Científica, Sandra Santos. Ela destacou que havia necessidade de uma sensibilização maior dos profissionais para sinais que muitas vezes poderiam passar despercebidos, como agressões na face e órgãos sexuais, destruição de elementos e objetos de importância para a mulher. Sandra, que é a Presidente do Conselho Nacional de Polícia Científica, vai apresentar o protocolo pernambucano no Rio de Janeiro, no próximo dia 4 de abril. A intenção é que o documento sirva de base para outros estados.

Balanço

De 2015 até 2018, a Secretaria da Mulher atendeu mais de 390 mil mulheres em todos os municípios pernambucanos. O levantamento da pasta aponta ainda que mais de 16 mil mulheres foram protegidas com serviços de abrigamento, 190 mulher, patrulha Maria da Penha e monitoramento eletrônico. “O ano de 2019 é muito estratégico para as mulheres . É um ano difícil para a sociedade brasileira. Temos que ter muita mais energia. Teremos três ações muito importantes para as mulheres: uma é o apoio a Marcha das Margaridas até Brasília, que a Sec. Mulher e o Governo do Estado vão apoiar; outra é a realização da Conferência Estadual de Política para as Mulheres que é o momento de escuta-la para trazer diretrizes para os próximos anos ; e também vamos fazer um grande momento de discussão de Mulheres e Repúblicas, focando as Américas, em junho e novembro”, comentou a secretária da Mulher, Sílvia Cordeiro.

A solenidade de abertura do ano da Secretaria da Mulher também contou com assinatura de termos de cooperação técnica. O primeiro dele foi com a Secretaria da Saúde para o desenvolvimento da 3ª Edição do Plano Intersetorial de Atenção Integral à Saúde da Mulher em Pernambuco. O segundo foi às secretarias da Mulher e de Emprego, Trabalho e Qualificação, que estabelece condições de cooperação mútua visando o desenvolvimento das políticas, programas e projetos coordenados pelas duas pastas voltados para o fortalecimento sociopolítico, produtivo, empreendedor e tecnológico das mulheres pernambucanas; e ainda um entre o Governo Estado e a Assembleia Legislativa para o Concurso de Fotografia Marylucia.

Outro decreto assinado por Paulo Câmara durante a cerimônia foi o Nº 47.219/2019, que convoca a V Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. Ele também anunciou novas ações para melhoria das condições de vida das mulheres no Estado. São parcerias nas áreas do Enfrentamento à Violência de Gênero, Chapéu de Palha Mulher e dos prêmios Naíde Teodósio de Estudos de Gênero e Mulher Idosa Anita Paes Barreto.

Página 1 de 399

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén