Internado há quatro dias no Hospital Israelita Albert Einstein, capital paulista, o presidente Jair Bolsonaro mantém boa evolução clínica, sem febre ou outros sinais de infecção, segundo boletim médico divulgado hoje (31). Por prevenção, vários cuidados foram adotados neste momento de recuperação da cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal feita no dia 28.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, disse nesta quinta-feira que Bolsonaro conversou e despachou com um assessor, que veio diretamente de Brasília, para definir e assinar alguns decretos. Por enquanto, no entanto, as visitas estão restritas.

“Nós temos esperança que semana que vem as notícias sejam alvissareiras”, disse o porta-voz, informando que o presidente mantém a alimentação endovenosa e gradualmente será introduzida a alimentação líquida e pastosa.

Prevenção: De acordo com o boletim, são mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa e realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e um período de caminhada fora do quarto.

O presidente fez hoje caminhada no quarto sem ajuda dos aparelhos, segundo o porta-voz.

De acordo com o hospital, Bolsonaro não apresenta disfunções orgânicas e os exames laboratoriais estão estáveis. (Via: Agência Brasil)