Cerca de 3.000 candidatos que se inscreveram no programa Mais Médicos ainda não se apresentaram nos municípios para os quais foram alocados. O prazo para que comecem a trabalhar termina nesta sexta (14). Foram abertas no total 8.517 vagas. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha.

De acordo com a colunista, os dados foram apresentados nesta quinta (13) para a comissão tripartite que acompanha o programa. Ela é composta por representantes dos municípios, dos estados e da União. Boa parte dos mais de 4.000 médicos brasileiros que já se apresentaram no trabalho pode deixar os cargos a partir de março, quando começam as residências médicas do país.

Ainda segundo a colunista, o alto número de inscritos na primeira etapa do edital aberto para substituir os médicos cubanos chegou a entusiasmar Jair Bolsonaro. Ele chegou a dizer, no Twitter, que “quase 100% das vagas [dos cubanos] já foram preenchidas por brasileiros”.  Até agora, 60% delas foram de fato preenchidas.