Um ladrão atrapalhado de 32 anos foi preso na noite do último sábado (11) depois de furtar uma casa no Bairro Santo Antônio, em Barra do Garças (520 km de Cuiabá) e cometer uma “pequena gafe” para o mundo do crime: deixar cópias de todos seus documentos pessoais na pia do banheiro da casa.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima, uma mulher de 31 anos, havia saído de casa por volta das 20 horas do sábado (11) e, quando retornou, aproximadamente às 22 horas, encontrou sua residência arrombada e algumas telhas do banheiro removidas.

Ao checar em casa, a princípio ela notou que o bandido havia furtado um celular e um notebook. E, ao chegar no banheiro, veio a surpresa: ao fugir, o ladrão deixou um porta-documentos plástico com um CPF e cópias de seus documentos pessoais, como RG, título de eleitor e CPF.

A vítima procurou a Polícia Militar e descobriu que já havia sido registrado um boletim de ocorrência pouco antes, onde o mesmo suspeito tinha sido visto saindo da residência de outra pessoa.

Enquanto o boletim de ocorrência era registrado, a vítima ligou em seu próprio celular e o suspeito retornou a ligação dizendo que, se ela quisesse os materiais furtados, deveria pagar R$ 150.

Sabendo quem era o ladrão, a polícia foi atrás dele, encontrando-o na Avenida Ana Lira, no Bairro União, em Barra do Garças, próximo a um antigo supermercado. Com ele foi encontrado o celular furtado na casa da vítima.

Questionado sobre os demais materiais, ele disse que estava escondido em um local próximo e levou a equipe policial. Lá, foram encontrados todos os pertences da vítima, inclusive coisas que ela não havia percebido que tinham sido furtadas, com uma caixa de som, um relógio de pulso e três desodorantes, além do notebook que ela já havia dado falta.

O suspeito foi preso e encaminhado para a delegacia, acusado de furto. E a vítima teve todos seus bens devolvidos.