Ponte Rio Pequi foi demolida e moradores esperam há mais de um ano por reconstrução em Bodocó — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio A obra de reconstrução começou em outubro do ano passado e encontra-se parada, gerando prejuízos para quem necessita entrar ou sair da cidade

Por G1 Petrolina

 Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Um desvio foi construído para a passagem dos veículos. Um ano depois, as placas indicando que não é possível seguir em frente, continuam no mesmo local. O desvio é estreito e bem movimentado. No trecho, já aconteceram acidentes de trânsito e quando chove forte, ninguém pode passar pela via. Inclusive, o desvio já foi interditado em dezembro do ano passado após dias de chuva.

Os motoristas sofrem com a falta da Ponte Rio Pequi e precisam rodar mais de 100 quilômetros para conseguir chegar à cidade. “Quando chove alaga tudo e não passa ninguém. A gente fica ilhado. Nós que temos obrigação de passar, nós passa no nado”, disse o agricultor, Sinesio Moreira.

Em outubro de 2018, a obra de reconstrução da ponte teve início e a previsão era que a conclusão ocorresse em seis meses. A ponte antiga já foi demolida, mas no local as obras estão paradas. Não existem operários e nem máquinas.

Desvio é movimentado e oferece perigo aos motoristas  — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Desvio é movimentado e oferece perigo aos motoristas — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

O desvio ainda deve ser o único acesso por muito tempo. “Isso aqui tem causado prejuízo a gente viu? a manutenção de carro, as vezes a gente passa aqui com a luz piscando, porque o passageiro já vem com medo e teve muitas vezes da gente vir e não passar, de carro ficar atolado aqui”, disse o motorista de van, Carlos Carvalho.

O comércio de Bodocó ainda sofre com os prejuízos. O comerciante Ricardo Jorge está ansioso com a reconstrução da Ponte Rio Pequi. “A ponte que é bom pra gente para aqui para o comércio, para tudo. Para a gente não ficar toda a vida que começa uma chuva, fica com aquele suspense que vai cortar, que não vai. Se a gente está do outro lado, tem que vir ligeiro”, revelou a situação.

Segundo a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), as obras de recuperação da ponte sobre o Rio Pequi foram paralisadas para ajustes técnicos por solicitação de órgãos de controle. O projeto já foi readequado, mas será necessário fazer uma nova licitação. A previsão agora para a entrega da ponte e outubro desse ano.