Página 2 de 574

Sítio de Atibaia representa 1% do valor investigado no caso de filho de Lula

Após a Polícia Federal deflagrar a 69ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Mapa da Mina, uma das peças-chaves para a apuração da força-tarefa, o sítio de Atibaia, representa menos de 1% dos repasses suspeitos investigados. Um dos alvos da ação desta semana foi o filho do ex-presidente Lula, Fábio Luis.

Nesta terça-feira (10), foram cumpridos 47 mandados de busca e apreensão, na tentativa de apurar pagamento de despesas da família de Lula com recursos das empresas de telefonia Oi e Vivo.

De acordo com as investigações, foram transferidos R$ 132 milhões pela Oi e R$ 40 milhões pela Vivo a empresas de Lulinha e do sócio, Jonas Suassuna.

Em 2010, Suassuna adquiriu o sítio junto com Fernando Bittar, sendo que aquele pagou R$ 1 milhão, enquanto este quitou o restante. A suspeita da Lava Jato é de que o dinheiro utilizado na compra do terreno, ainda sem as benfeitorias, tenha sido oriundo de transferências feita pelas empresas de telefonia.

A investigação é diretamente vinculada à que deu origem ao processo que condenou o ex-presidente Lula por corrupção e lavagem de dinheiro e aponta que o petista foi o principal beneficiado com a compra e obras no sítio.

Por meio de nota, a Vivo afirmou que “tem fornecido as informações solicitadas e que continuará contribuindo com as autoridades, além de ter compromisso com elevados padrões éticos de conduta em toda sua gestão e procedimentos”.

Também em nota, a Oi declarou que os episódios citados na Lava Jato “não representaram de fato nenhum benefício ou favorecimento a seus negócios” e, ao contrário, contribuíram para a falta de liquidez que levou à recuperação judicial da empresa. (Via: Folhapress)

Caixa paga 13º do Bolsa Família a 1,127 milhão de famílias em Pernambuco; veja datas

Calendário de pagamento é de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS) do responsável familiar

Foto: Blog do Roberto

Em Pernambuco, 1,127 milhão de beneficiários do Programa Bolsa Família têm direito ao abono natalino, conhecido como 13º salário, que começou a ser depositado na terça-feira (10). Esse grupo recebe, no total, o dobro do valor normal previsto para o mês de dezembro.

O benefício adicional é pago com a utilização do mesmo cartão usado para receber as parcelas do Bolsa Família. Para quem recebe as parcelas mensais por meio de crédito em conta poupança ou conta Caixa Fácil, os valores correspondentes ao abono natalino são creditados nessas mesmas contas.

“Com o cartão do cidadão, os beneficiários podem ir em loterias ou salas de auto atendimento da Caixa e fazer a retirada do abono da mesma forma como recebem mês a mês”, explicou o gerente regional da Caixa, Romero Cavalcanti.

O calendário de pagamentos é de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS) do responsável familiar apresentado no cartão do Bolsa Família.

Calendário de pagamento

Final do NISData de início do pagamento
Final 110/12/2019
Final 211/12/2019
Final 312/12/2019
Final 413/12/2019
Final 516/12/2019
Final 617/12/2019
Final 718/12/2019
Final 819/12/2019
Final 920/12/2019
Final 023/12/2019

Ainda de acordo com o gerente, as parcelas têm validade de 90 dias a partir da data de início de pagamento apresentada no cronograma acima. “Em média, as famílias do estado recebem R$ 180. O limite do programa é R$ 195”, disse Cavalcanti.

O 13º do Bolsa Família foi instituído pela Medida Provisória 898, editada em outubro. A MP que trata do benefício assegura somente o pagamento do abono em 2019.

O Bolsa Família atende às famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais; e na pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais.

A Caixa disponibiliza, ainda, atendimento às famílias por meio do telefone 0800.726.0207, para informações relacionadas ao Programa e demais benefícios ao cidadão.

Após denúncia, PM apreende arma de fogo e munições em Araripina


Por Roberto Gonçalves / Foto: divulgação 9ª CIPM

Policiais militares da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), apreenderam nesta terça-feira (10) na zona rural de Araripina, no Sertão de Pernambuco, uma arma de fogo e vários tipos de munições.

De acordo com a PM, por volta das 21:00h, o efetivo da GE ROCAM recebeu informações, através da equipe MALHAS DA LEI e NIS-4, de que no Sítio Cajueiro, zona rural de Araripina, um homem de nome Francisco Ranilso de Souza, 64 anos, estaria negociando armas de fogo.

Após colher mais informações e realizar diligências, localizamos a casa do suspeito, que nos entregou uma arma de fogo, um Revólver Cal. .38 Taurus, com 04 munições intactas. Além da arma foram apreendidos munições, deflagradas e intactas de vários calibres, pólvora e chumbo.

O material foi apreendido e entregue à D.P.C de Araripina, para os procedimentos legais. Tudo foi registrado em um Boletim de Ocorrência.

Prefeito de Petrolina diz que ele e o secretário da Ammpla estavam recebendo ameaças de morte

Prefeito de Petrolina fala sobre as ameças sofridas por ele e secretários — Foto: Emerson Rocha / G1 Petrolina

Prefeito de Petrolina fala sobre as ameças sofridas por ele e secretários

G1 Petrolina / Foto: Emerson Rocha

Durante coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta quarta-feira (11), sobre a tentativa de assassinato sofrida pelo secretário-executivo da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), José Carlos Alves, o prefeito Miguel Coelho confirmou que ele, o secretário e outras pessoas envolvidas no processo de licitação que resultou na mudança da concessão do transporte público da cidade vinham sendo vítimas de ameaças de morte. Miguel Coelho lamentou o crime.

“Não podemos fazer nenhuma conjectura, mas a gente não pode ignorar as ameaças que eu, José Carlos e Edilsão [Edílson Leite, diretor-presidente da Ammpla] vínhamos recebendo. É muita coincidência isso acontecer logo nos primeiros 15 dias que a gente está com o novo sistema de transporte público. Não cabe a prefeitura, muito menos a mim ou a qualquer um de nossa equipe, estar apontando eventuais suspeitos, mas cabe a gente oferecer todas essas provas para que a Polícia Civil possa fazer o devido processo legal, a devida investigação, e ela será o órgão competente para identificar a pessoa e trazer. E essa pessoa vai dizer quem mandou ele executar essa tentativa de homicídio”, disse o prefeito, completando.

“Nós sabíamos que haviam as ameaças, mas não imaginávamos, exatamente por nunca ter acontecido em Petrolina, que fosse chegar a um ponto tão extremo como uma tentativa de homicídio, como ocorreu na manhã de hoje”.

O secretário José Carlos Alves levado consciente para um hospital particular de Petrolina — Foto: Reprodução/TV Grande Rio

O secretário José Carlos Alves levado consciente para um hospital particular de Petrolina — Foto: Reprodução/TV Grande Rio

Segundo Miguel Coelho, por não acreditarem em uma ação violenta, ele e os demais ameaçados decidiram abrir mão de uma segurança especial. “Até, em reunião com Edilsão e José Carlos, nós tomamos a medida de não andar com segurança, não tomar medidas a mais, porque entendíamos que não passaria além das ameaças”, afirmou, destacando que as ameaças vinham sendo feitas desde o início do processo de licitação.

“Recebemos ameaças desde mensagens de texto, visitas de carros não identificadas em nossas casas, locais de trabalho, cartas assinadas com sangue no papel. Foram formas de intimidação. A gente não se deixou levar, porque acreditávamos que nenhum ser humano seria capaz de um ato tão vil como esse. Infelizmente, estávamos errados”.

Miguel Coelho afirmou que as provas das ameaças foram entregues à polícia. “Submetemos tudo isso à Polícia Civil, já entregamos também tudo para a Polícia Federal, para que possa ajudar, para que, o quanto antes, possa ser desvendado e a gente possa chegar a cabo dessa investigação”

De acordo com o prefeito, após o atentado contra José Carlos todas as pessoas que tiveram participação no processo de licitação e na mudança da concessão do serviço de transporte vão ter a segurança reforçada.

Vereadora de Salgueiro chora na tribuna e diz que vem sofrendo ameaças de morte


Por Alvinho Patriota / Foto: reprodução

No uso do seu tempo regimental na tribuna da Câmara de Vereadores de Salgueiro, nesta quarta-feira, 11, a vereadora Eliane Alves (PSB) chorou ao relatar ameaças e ataques discriminatórios que vem sofrendo nas redes sociais nessas últimas semanas. A socialista ficou muito emocionada no momento em que disse que estão usando uma deficiência física para insultá-la. Ela trata esse problema desde a adolescência.

“Um perfil tem me atacado em torno de uma deficiência física que eu tenho quanto mulher. Houve uma correção nisso, mas quando as pessoas querem me atacar naquilo que é mais caro a uma mulher, as pessoas me atacam diante dessa deficiência física que eu tenho”, expressou, após dizer que sofreu ameaças de tiro na testa, atropelamento e outras frases intimidatórias.

“Essas pessoas não têm coragem de mostrar a cara. Estão em redes sociais me atacando, usando apelidos para me rebaixar, atacando de todas as formas, usando de todos os atributos possíveis. Se escondendo atrás de perfis falsos. Se escondendo porque não têm a coragem de botar a cara como eu tenho”, externou.

Eliane disse ainda que vai formular denúncia na Polícia Federal. “Vou na Polícia Federal. Eu já fiz o contato com a Delegacia de Crimes Cibernéticos. Eu tenho o IP. Eu já sei o endereço, a localização. Eu já sei que é o mesmo IP que usa dois perfis e vou tomar as providências”, disse, conclamando mulheres e pessoas com deficiência a acompanhá-la.

A vereadora é uma das principais críticas do prefeito de Salgueiro na câmara, onde articulou a criação da Bancada do Povo. Por isso, acredita que os ataques estão partindo de pessoas ligadas ao governo municipal.

Moro recebe homenagem com seu rosto formado por cartuchos de munição

O ministro da Justiça Sergio Moro foi presenteado nesta quarta-feira (11) por um artista plástico, com uma escultura do seu rosto formado por cartuchos de munição. A obra, do mesmo autor, é semelhante à placa dada ao presidente Jair Bolsonaro no dia da criação do seu partido, Aliança pelo Brasil.

Responsável pelo envio do pacote anti-crime ao Congresso, com o criticado excludente de ilicitude que foi vetado antes da aprovação, Moro posou para foto ao lado do artista carioca e da placa de projéteis..

A imagem foi compartilhada pelo perfil oficial do PSOL, que denominou como “lamentável” a homenagem feita ao ex-juiz federal, que integra o “governo do fetiche pela morte”.

Ver imagem no Twitter

Divulgada mais uma pesquisa na disputa pela prefeitura de Araripina


Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

A pedido da Agência Fênix Gesso LTDA, o Blog Ponto de Vista vai divulgar ainda nesta terça-feira (10), uma pesquisa sem registro (como ocorreu com a divulgada pelo Blog do Magno Martins) de intenção de votos para prefeito na eleição de 2020 em Araripina.

O Blog do Roberto adianta o cenário com a situação espontânea:

Tião do Gesso: 19,28%

Raimundo Pimentel: 12,88%

Bringel Filho: 8,72%

Dr. Aluizio Coelho: 4,43%

Zé Barrinha: 0,14%

Não sabe não opinou: 51%

Brancos e nulos: 3,9%

De acordo com o Blog Ponto de Vista, o levantamento foi realizado entre os dias 04 e 06  de dezembro e 800 pessoas foram ouvidas na zona urbana e rural do município. O intervalo de confiança é estimado em 95% e a margem de erro é de 3,3% para mais ou para menos.

Vale lembrar que de acordo com a Lei Eleitoral, pesquisas sem registro como essas que foram divulgadas até agora em Araripina, só podem ser realizadas em ano não eleitoral. O resultado dos outros cenários devem ser divulgados ainda hoje pelo Blog Ponto de Vista.

Três serra-talhadenses presos na maior apreensão de cocaína da historia do Piauí

A Polícia  Civil do Piauí apreendeu uma quantidade de R$ 12 mil, duas aeronaves e mais de uma tonelada de cocaína pura na tarde desta terça-feira (10).

Greco apreendeu mais de uma tonelada de cocaína em Teresina — Foto: Rafaela Leal/G1 PISete pessoas foram presas em dois hotéis e em uma quitinete na Zona Norte de Teresina. A apreensão dos entorpecentes aconteceu em diversos pontos da capital. Segundo a Secretaria de Segurança, trata-se da maior apreensão de cocaína na história do estado.

A Secretaria de Segurança do Piauí informou que foram apreendidos quatro veículos. Em relação as aeronaves, elas foram localizadas em um aeroporto privado no município de Timon, no Maranhão. Em seguida, o helicóptero e o bimotor foram levados para o hangar do Governo do Piauí. De acordo com o secretário de segurança, Fábio Abreu, o grupo pretendia lucrar em torno de R$ 25 milhões com os entorpecentes.

Dos suspeitos presos, três deles são pilotos das aeronaves. Os demais, conforme as investigações, participavam da locação de sítios. Os homens são dos estados da Bahia, Pernambuco, Pará e Piauí.

“Foram presas sete pessoas, quatro pilotos de aeronaves e outros três homens que faziam o acompanhamento e participavam do setor de logística, ou seja, faziam a locação de sítios. Um dos sítios eles chegaram a alugar por R$ 10 mil. Os presos são do Pará, Pernambuco e Bahia. Nós temos um piauiense que, segundo ele, trabalhava em um garimpo e ajudava na locação dos espaços”, comentou o secretário de segurança, Fábio Abreu.

O Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (Greco) divulgou os nomes dos presos que são: André Luís de Oliveira Cajé Ferreira, Alexandre Vagner Ferraz, Alexandro Vilela de Oliveira, Vagner Farabote Leite, Renato Solon Gondim Magalhães, João da Cruz Marques e Alexandre Barros Pereira de Meneses.

De Pernambuco, três são serra-talhadenses: Alexandre Vagner FerrazRenato Solon Magalhães e Alexandre Barros Pereira de Menezes, este último sobrinho do ex-prefeito Carlos Evandro. Renato Solon é sobrinho de Sandra Magalhães,  prefeita de Calumbi. Justamente por isso na cidade e região,  há muita surpresa com a informação. Não pairavam suspeitas sobre eles na cidade.

Participaram da operação o Greco, a Delegacia de Entorpecentes (Depre), Divisão de Operações Especiais (DOE) e o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Estado.

Vídeos:

Vídeos: Programas Meio Norte – Conteúdo G1

IBGE terá R$ 30,1 milhões para fazer retrato da população no Sistema Único de Saúde

O Ministério da Saúde (MS) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) assinaram nesta segunda-feira (9) um acordo para o levantamento de informações sobre a saúde da população e a capacidade do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco na Atenção Primária à Saúde (APS).

Segundo o MS, o termo de Cooperação Técnica de Pesquisa em Saúde de Base Domiciliar Nacional deve contar com R$ 30,1 milhões da pasta para a realização de três pesquisas: a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS) e a Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária (AMS).

Com a cooperação, o ministério pretende aproveitar levantamentos já realizados pelo IBGE para incluir assuntos relevantes para a avaliação do momento atual do SUS. (Via: Agência Saúde/Ascom)

PF mira repasses do grupo Oi para empresa de filho de Lula em nova fase da Lava Jato

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (10), uma nova fase da Operação Lava Jato autorizada pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Na ação, que apura crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência, os policiais cumprem 47 mandados de busca e apreensão na operação, que mira repasses do grupo Oi/Telemar para uma empresa de um dos filhos do ex-presidente Lula (PT). As informações são do portal G1.

A operação foi batizada de ‘Mapa da Mina’ e é um desdobramento da 24ª fase da Lava Jato, a Aletheia, que, em março de 2016, levou coercitivamente Lula para depor. Na ocasião, a defesa negou envolvimento em irregularidades, e o ex-presidente disse ter se sentido um “prisioneiro”.

Segundo as investigações da PF, os crimes envolvem contratos de operadoras de telefonia, internet e TV por assinaturas atuantes no Brasil e no exterior. Segundo a corporação, os repasses para uma das empresas teriam chegado a R$ 193 milhões entre 2005 e 2016.

As ordens de busca e apreensão estão sendo cumpridas em São Paulo, no Rio de Janeiro, na Bahia e no Distrito Federal.

Página 2 de 574

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén