O jovem de 18 anos entrou na unidade de saúde na tentativa de se esconder de atiradores

Foto: Léo Motta/JC Imagem

Um jovem, identificado como Alcidesio Torres de Oliveira Júnior, de 18 anos, foi assassinado a tiros, na noite desta quinta-feira (13), nas dependências do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no bairro dos Coelhos, área central do Recife. Segundo o delegado Alaumo Lima, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o tráfico de drogas motivou o crime. Ao menos dois homens efetuaram os disparos.

A vítima, que já passou por uma unidade da        Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) no Cabo de Santo Agostinho,  Grande Recife, estaria consumindo drogas em um beco em frente ao hospital e, quando viu homens armados se aproximando, correu para o Imip na tentativa de se esconder.

“A motivação é tráfico. O fato de haver essa peleja de tráfico e esse desgaste desde quando ele estava internado na unidade socioeducativa no Cabo, tudo isso consubstancia”, explicou.

Alcidesio foi atingido por mais de cinco tiros. “Ele estava cambaleante porque sofreu uma lesão na região do fêmur e, ao adentrar, houve a execução. Foram mais de cinco lesões, três no peito. A arma é calibre 38”, disse o delegado.

Os moradores das proximidades se aglomeraram em frente ao Imip, mas, bastante assustados, não quiseram comentar sobre o crime. Os suspeitos do homicídio conseguiram fugir. (Com informações de Adulccio Lucena, da TV Jornal, e Amanda Azevedo, do JC)