Cotado para ser líder do governo Jair Bolsonaro (PSL) no Senado, o senador pernambucano Fernando Bezerra Coelho (MDB) conta com um adversário importante na Esplanada dos Ministérios: nada menos do que o ministro da Justiça, Sérgio Moro. É o que publicou, nesta quarta-feira (13), a coluna do jornalista Guilherme Amado, da Revista Época.

O ex-juiz da Lava Jato tenta convencer, segundo a publicação, o Palácio do Planalto a não nomear o senador para a liderança do governo na Casa Alta. FBC possui, contudo, o apoio do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM).

Havia a expectativa de que fosse realizada uma reunião entre Bezerra Coelho e Lorenzoni nessa segunda-feira (11), o que não ocorreu. Com a alta de Bolsonaro nesta quarta (13), a definição do posto de líder pode ocorrer nesta semana. (Blog do Jamildo)