Pessoas nascidas nos meses de janeiro e fevereiro podem sacar o Abono Salarial do Programa de Integração Social (PIS) calendário 2019/2020 a partir desta quinta-feira (16). Os valores variam de R$ 87 a R$ 1.039, dependendo da quantidade de dias trabalhados durante o ano de 2018. Têm direito ao pagamento os funcionários inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que trabalharam formalmente por, no mínimo, 30 dias em 2018, com remuneração de até dois salários mínimos.

Como sacar o dinheiro?

Para quem é titular de uma conta individual na Caixa e está com o cadastro atualizado e com movimentação na conta, o crédito automático está disponível desde a última segunda-feira (14). 

Para os que têm Cartão do Cidadão e senha cadastrada, basta se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou a um terminal de autoatendimento. Se a pessoa não tiver conta, nem Cartão do Cidadão, o saque pode ser feito em qualquer agência da Caixa, apresentando o documento de identificação oficial com foto. Os funcionários públicos, que possuem inscrição no PASEP, recebem o valor no Banco do Brasil.

A Caixa alerta que, para que o trabalhador tenha direito a receber o Abono Salarial, é preciso que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano base 2018. Os pagamentos escalonados tiveram início em julho de 2019, com os nascidos neste mês. O prazo final para o saque é 30 de junho de 2020.

De acordo com a Caixa, mais de 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro têm direito ao abono salarial. O valor a ser recebido pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo telefone 0800.726.0207. (Via: Agência Brasil)